Anvisa cancela registro de medicamento produzido em laboratório de Alagoas

Categoria: Anvisa
Publicado em 26/12/2018
1.535 visualizações

Droga quem tem como princípio ativo o Clozapina é indicado para tratamento antipsicótico 

 
 

Medicamento produzido pelo Lifal tem registro cancelado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou o registro do medicamento que como princípio ativo o Clozapina, produzido pelo Laboratório Industrial Farmacêutico de Alagoas (Lifal). A decisão - tomada pelo gerente-geral substituto de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Raphael Sanches Pereira - foi publicada na edição desta segunda-feira (24), do Diário Oficial da União (DOU).

Além do medicamento produzido pelo Lifal, a Anvisa cancelou o registro de outros medicamentos produzidos por laboratórios brasileiros, entre eles a ampicilina anidra, produzia pela Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego), Cloridrato de fluoxetina e Daforin, produzidos pelo EMS Sigma Pharma Ltada.

 

O Clozapina é indicado para pacientes com esquizofrenia resistente ao tratamento, ou seja, que não respondem ou são intolerantes a outros antipsicóticos.

Também é indicado na redução do risco de comportamento suicida recorrente em pacientes com esquizofrenia ou transtorno esquizoafetivo, quando considerados sob risco de repetir o comportamento suicida, baseado no histórico e estado clínico recente.

A Gazetaweb procurou a direção do Lifal para saber os motivos do cancelamento feito pela a Anvisa, mas os telefones acionados estavam desligados ou fora da área de cobertura. 

FONTE

 

 

 
 
Aviso: Os textos e conteúdos são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do About Me.

Confira as últimas notícias