Formol continua sendo aplicado em salões de beleza após proibição

Categoria: Anvisa
Publicado em 05/01/2019
1.560 visualizações

A Anvisa fez um levantamento que apontou que a prática considerada irregular ainda é muito utilizada nos salões do país.

Mesmo com a proibição do uso do formol em salões de beleza, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apontou através de um levantamento realizado em estados do país, através das Vigilâncias Sanitárias (Visas), que a prática irregular ainda é muito utilizada nos salões.

De acordo com o levantamento, 35% de 664 questionários respondidos apontaram que os salões de beleza continuam fazendo o uso do formol. Em 61,6% dos casos analisados, a Anvisa apontou que a suspeita é de que o acréscimo do formol ao alisante de cabelo tenha sido feito pelo fabricante do produto.

  • Foto: Divulgação / Anvisasalões de beleza, cabeleireiro,

Nos outros 22,4% a adição do produto é feita pelo próprio cabeleireiro. Nos outros 15,9% foi apontado as duas práticas. A pesquisa foi realizada com o objetivo de planejar ações para inibir a prática de uso de formol nos produtos de beleza em salões. Segundo a Anvisa, o formol prejudica a saúde ao entrar em contato com a pele.

O uso do formol pode causar irritação na pele, queda de cabelo, queimadura e até mesmo problemas respiratórios, podendo causar também efeito cancerígeno. A coleta dos dados utilizados na pesquisa foi feita por meio de formulário eletrônico entre os dias 6 de agosto e 6 de setembro de 2018.

FONTE

Aviso: Os textos e conteúdos são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do About Me.

Confira as últimas notícias